segunda-feira, 13 de junho de 2011

sábado, 11 de junho de 2011

Camp Humanitas 2011

Camp Humanitas 2011 está ai...

ACTIVIDADE PROPOSTA

A exemplo do passado ano, voltamos a propor uma actividade em forma de acantonamento, num local em plena sintonia com a natureza, tendo como inspiração o fundador da Cruz Vermelha, HENRY DUNANT e o princípio fundamental – HUMANIDADE, a decorrer entre 31 de Agosto e 4 de Setembro de 2011.

Pretende-se voltar a desenvolver e aprofundar um conjunto de actividades lúdicas e pedagógicas, promovendo o intercâmbio e a participação de jovens oriundos de diferentes espaços geográficos, dando especial ênfase a três dos objectivos operacionais da Juventude Cruz Vermelha:
- A promoção da solidariedade humana e da paz.
- A sensibilização para a protecção da saúde.
- A promoção e o respeito pelo meio ambiente

Para além da participação de voluntários esperados de fora da Madeira, que pela sua diversidade geográfica vêem enriquecer a dinâmica da actividade, pretende-se também continuar a aceitar não voluntários, de forma a vivenciarem a realidade Cruz Vermelha, possibilitando-nos a angariação de novos voluntários, também a exemplo do ano passado.

DESTINÁRIOS

Jovens de ambos os sexos, dos 13 aos 20 anos, com ou sem filiação à Cruz Vermelha.
Consoante o número de inscrições, existe a intenção de formar subgrupos em função dos intervalos de idades dos participantes.

LOCAL

Montado do Pereiro, na Região Autónoma da Madeira, Trata-se de um espaço vocacionado para iniciativas ligadas á natureza.
Algumas das actividades propostas decorrerão nas instalações do Campo Escola de Escoteiros (inserido no espaço a utilizar), devidamente equipado para formação em sala, nomeadamente os workshops, as restantes decorrerão ao ar livre ou em espaços em sintonia com a natureza.

TAXA DE PARTICIPAÇÃO

A taxa de participação individual será de 60 Euros, até 31/07/2011, após essa data sofrerá um agravamento de 10 Euros e terá como data limite 15/08/2011 e incluirá: Alimentação, Seguro, Participação nas actividades propostas, T-Shirt alusiva, transfer do local da actividade para e de Aeroporto/Porto ou Sede da CVP/Madeira.

CONDIÇÕES E REGRAS DE PARTICIPAÇÃO

A participação na actividade é condicionada à aceitação prévia pela organização.
Junto com o programa definitivo será enviada aos participantes toda a informação necessária

INSCRIÇÃO

Deverá ser preenchida a respectiva ficha de inscrição em Anexo B que deverá ser entregue ou enviado para:

CRUZ VERMELHA PORTUGUESA – Delegação da Madeira
Rua das Mercês – 9000-000 Funchal
Telef. 291 741 115 Fax 291 742 115
E-mail: camp.humanitas@gmail.com

Após a recepção da inscrição, serão contactados, via e-mail, a confirmar a mesma e a solicitar o pagamento.
Receberão ainda por e-mail, periodicamente, informação actualizada sobre a actividade.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Humanitas Times :D

Durante os dias apresentamos ao fim do dia, o resumo deste.
Aqui deixamos os videos desses Jornais, «Humanitas Times»


01





02







03





04




Camp Humanitas reúne jovens do País


O Camp Humanitas, actividade organizada pela Juventude da Cruz Vermelha da Delegação da Madeira, decorreu de 1 a 5 de Setembro no Montado do Pereiro, e nela participaram jovens oriundos da Madeira, Ovar, Braga, Castelo Branco e Fafe.

Esta actividade destinada a jovens dos 13 aos 18 anos, voluntários e não voluntários, teve como objectivo a formação dos participantes em diversas áreas, promovendo os ideiais e princípios da instituição, bem como a transmissão de conhecimentos e experiências entre eles.

Este é o único espaço institucional, no universo da Cruz Vermelha Portuguesa, destinado a voluntários menores de 18 anos.

Os jovens desfrutaram de diversos 'workshops' diários, acções lúdico-pedagógicas, assim como a descoberta da Natureza, cultura, gastronomia e jogos tradicionais madeirenses.

A actividade teve por pano de fundo a ecologia. O papel foi erradicado e com o apoio da Câmara Municipal do Funchal foi instalado um ecoponto e instigada a utilização do mesmo.

Numa primeira avaliação, fazendo fé na opinião dos participantes os objectivos foram plenamente atingidos, sentindo-se da parte dos mesmos uma agradavel pressão para que se realize uma terceira edição desta actividade no próximo Verão com mais novidades.


Noticia in dnoticas

http://www.dnoticias.pt/impressa/diario/225907/madeira/225935-camp-humanitas-reune-jovens-do-pais

sábado, 8 de maio de 2010

CAMP HUMANITAS 2010




Olá. Aqui estamos nós para anunciar o nosso, HUMANITAS 2010


Se tens entre 13 e 18 anos, não deixes esta oportunidade passar ao lado. Este ano, contamos contigo. Acredita, será uma experiência fantástica :D

Esta actividade terá lugar entre os dias 01 e 05 de Setembro. Será um local onde podemos interagir com diferentes delegações de juventude e não só, onde todos nós temos a missão de ajudar quem mais precisa. 5 dias a trocar ideias, perceber o trabalho que desenvolvemos, e a criar novas ideias para ajudar-mos sempre mais e mais.


DESTINÁRIOS

Jovens de ambos os sexos, dos 13 aos 18 anos, com ou sem filiação à Cruz Vermelha.Consoante o número de inscrições, existe a intenção de formar subgrupos em função dos intervalos de idades dos participantes.


LOCAL

Montado do Pereiro, na Região Autónoma da Madeira, Trata-se de um espaço vocacionado para iniciativas ligadas á natureza.

Algumas das actividades propostas decorrerão nas instalações do Campo Escola de Escoteiros inserido no espaço a utilizar), devidamente equipado para formação em sala, nomeadamente os

workshops, as restantes decorrerão ao ar livre ou em espaços em sintonia com a natureza.


PROGRAMA

Brevemente disponível para Download.

TAXA DE PARTICIPAÇÃO

A taxa de participação individual será de 50 Euros, até 15/07/2010, após essa data sofrerá um

agravamento de 10 Euros e terá como data limite 15/08/2010 e incluirá: Alimentação, Seguro,

Participação nas actividades propostas, T-Shirt alusiva, transfer do local da actividade para e de

Aeroporto/Porto ou Sede da CVP/Madeira.


CONDIÇÕES E REGRAS DE PARTICIPAÇÃO


A participação na actividade é condicionada à aceitação prévia pela organização. Junto com o programa definitivo será enviada aos participantes toda a informação necessária.


INSCRIÇÃO

Deverá ser preenchida a respectiva ficha de inscrição (Brevemente disponivel aqui) que deverá ser entregue ou

enviado para:


* CRUZ VERMELHA PORTUGUESA – Delegação da Madeira

Rua das Mercês – 9000-000 Funchal

Telef. 291 741 115 Fax 291 742 115


* E-mail: camp.humanitas@gmail.com


Após a recepção da inscrição, serão contactados, via e-mail, a confirmar a mesma e a solicitar o pagamento.

Receberão ainda por e-mail, periodicamente, informação actualizada sobre a actividade.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

segunda-feira, 6 de julho de 2009

O Cansaço

Aqui fica algumas imagens dos participantes Camp Humanitas 09 apanhados a dormir depois de uma semana repleta de surpresas e muito suor
video

Momentos...

Fica aqui os bons momentos passados no Camp Humanitas 09 Espero que gostem
video

domingo, 28 de junho de 2009

Montado do Perreiro - Instalações

video

Programa 2009

Actividade Proposta

Actividade em forma de acampamento, num local em plena sintonia com a natureza, tendo como inspiração o fundador da Cruz Vermelha, HENRY DUNANT e o princípio fundamental – HUMANIDADE.

Pretende-se desenvolver um conjunto de actividades lúdicas e pedagógicas, promovendo o intercâmbio e a participação de jovens oriundos de diferentes espaços geográficos, dando especial ênfase a três dos objectivos operacionais da Juventude Cruz Vermelha:
- A promoção da solidariedade humana e da paz.
- A sensibilização para a protecção da saúde.
- A promoção e o respeito pelo meio ambiente

DESTINÁRIOS
Jovens de ambos os sexos, dos 14 aos 20 anos, com ou sem filiação à Cruz Vermelha.
Consoante o número de inscrições, existe a intenção de formar subgrupos em função dos intervalos de idades dos participantes.

LOCAL
Montado do Pereiro. As actividades desenrolam-se nas instalações do Campo Escola de Escoteiros

Principios Gerais da Actividade


COMPROMISSO
Com a actividade e com os seus objectivos, cumprindo as regras e princípios estabelecidos.

RESPEITO
Por si, pelos outros, pela natureza e pela instituição.

PONTUALIDADE
Necessária para o cumprimento do programa.

PARTICIPAÇÃO
Participação em detrimento da competição.

COLABORAÇÃO
Sinta-se parte e não á parte.

ALEGRIA
Conviva com alegria, optimismo, compreensão e cooperação.

RELEMBRAR
Quando necessário relembrar(-se) de …. compromisso, respeito, pontualidade, participação, colaboração e alegria.


OS PARTICIPANTES

DEVEM:
Zelar pela limpeza e asseio das instalações com o objectivo de deixá-lo melhor do que o encontrou
Cuidar dos seus objectos pessoais, seja responsável, a segurança começa em si.
Respeitar o silêncio na zonas e horários próprios ao recolhimento e descanso.
Usar a identificação visível, só será permitida a entrada/saída a participantes identificados e autorizados.
Respeitar as zonas de acesso interdido a participantes, (ex: Cozinha, sala de coordenação, posto de socorros, etc.

TRAZER:
- Artigos de higiene (pasta e escova dentes, toalhas, shampoo, chinelos para duche, etc.)
- Medicamentos necessários e receitas médicas caso necessite de algum cuidado especial.
- Saco cama (a dormida será em colchões maioritariamente em beliches equipados com almofadas)
- Roupa apropriada e prática para actividades dinâmicas (ex. t-shirts, jeans, pólos, etc)
- Um abafo quente para as noites frias (o local fica situado na montanha).
- Fato de banho.
- Podem trazer instrumentos musicais para animar os fogos de conselho.
- Podem trazer cobertura para almofadas (fronha)
- Devem trazer um contributo o mais regional e original possível para o jantar comunitário, de forma a que esse momento de partilha seja o mais rico possível.



CUIDADOS A TER
- Telemóveis, máquinas fotográficas e outros aparelhos móveis devem andar sempre com os participantes.
- Devem evitar trazer utensílios de valor (anéis, fios, pulseiras etc.).
- A organização não se responsabiliza por eventuais extravios ou furtos


PROIBIDO
- Fumar
- Consumo de bebidas alcoólicas
- Comportamentos incorrectos